Lá fora um sol abrasador das 17 horas. Sol alto, tardes longas. Pausa para o momento repousante e avaliativo. Escrevo em um café. So...

Em um café, Bolonha

Lá fora um sol abrasador das 17 horas. Sol alto, tardes longas. Pausa para o momento repousante e avaliativo.

Escrevo em um café. Sozinha.

A moça me recebe com um sorriso pendurado nos lábios.Nos entendemos bem - peço um cono de pistacchio e café.

Observo o lugar, uma loja de coisas gostosas. Espaço bem aproveitado, nem pequeno nem grande. As mesas são redondas, em disposição para oferecer conforto.

Wattpad
Dou um tempo para entender o rumo do pensamento. Ninguém pressiona para que se consuma.

Um senhor lê o jornal do dia. Toca um rock no estilo Ten years after. Ar condicionado na temperatura exata.

Nas paredes predomina o verde água compondo com moveis brancos.Piso de ladrilho hidráulico. O piano branco à espera.

As horas dormem, a luz âmbar difusa. Agora toca Gigolô americano . A alegria mansa de estar sem destino definido.

Espero que lá fora o sol penetre nos corações humanos. A espera da vida que virá, busco corações disponíveis ao amor.

O batom marca a borda da xícara, os seios perfumados.

O relógio muda os minutos O moço faz fotos com o celular e me inclui na cena.

O olhar dispensa o uso de palavras.

A vida avança lá fora...

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

leia também