Mostrando postagens com marcador Marcos Pires. Mostrar todas as postagens

Os que são do meu tempo haverão de lembrar uns tais cadernos de confidências que as meninas produziam e entregavam a alguns privilegiado...

traicao falsidade grupo whatsapp rede social
Os que são do meu tempo haverão de lembrar uns tais cadernos de confidências que as meninas produziam e entregavam a alguns privilegiados para preencherem. Em cada página havia uma pergunta para os mancebos escolhidos responderem. Não ser convidado para participar desses tais cadernos era o mesmo que ser chamado de feio ou idiota. Tremenda frustração.

Passou o tempo e com o advento da internet surgiram os grupos de zap. Eles têm de um tudo, desde os grupos de família até grupos de profissão, passando por grupos de amigos - esses sim, o motivo deste escrito.

No meu pouco juízo nunca entrou o fato dos Beatles terem composto aquela quantidade absurda de músicas maravilhosas enquanto eu quase nada...

nostalgia bandas paraibanas ze ramalho beatles
No meu pouco juízo nunca entrou o fato dos Beatles terem composto aquela quantidade absurda de músicas maravilhosas enquanto eu quase nada fiz. Na verdade eu trocaria toda a minha produção musical por qualquer música de John e Paul, principalmente se fosse Yesterday. Aliás, conta-se que quando eles ainda estavam compondo essa preciosidade, o primeiro termo trabalhado foi “scrambled eggs”, ou seja, ovos mexidos. Fizeram uma excelente substituição optando por Yesterday.

Todo mundo está careca de saber que passamos um terço de nossas vidas dormindo. Ou seja, ficamos na cama 8 horas a cada noite. Será que vo...

Todo mundo está careca de saber que passamos um terço de nossas vidas dormindo. Ou seja, ficamos na cama 8 horas a cada noite. Será que vocês, queridíssimos leitores, já perderam um instante de suas vidas para comparar a utilização desse tempo com outros momentos? Por exemplo, quantas horas por dia vocês ficam em seus automóveis? E já pensaram quantas horas por dia vocês utilizam para trocar de roupa ou mesmo admirarem-se no espelho para saber se estão bem vestidos?

Em Guarabira havia um barbeiro chamado Chico Luís que armava sua barraca nos dias de feira (quartas e sábados) para cortar cabelo e bar...

conto piada barbeiro guarabira paraiba
Em Guarabira havia um barbeiro chamado Chico Luís que armava sua barraca nos dias de feira (quartas e sábados) para cortar cabelo e barba da matutada que vinha dos sítios.

Era comum ouvir um matuto dizer ao compadre que iria "à furquia de Chico Luís". É que o profissional da tesoura e da navalha ao invés de comprar uma cara cadeira de barbeiro improvisou uma cadeira comum amarrando no encosto uma forquilha de angico, sem sequer se preocupar em tirar as cascas. O resultado é que quase sempre o cliente ficava com o pescoço entalado na forquilha. Fosse reclamar, vinha a resposta: "O probrema num é furquia não, é que seu pescoço é troncho".

“Eu não gosto de você, Papai Noel! Também não gosto desse seu papel de vender ilusões à burguesia. Se os garotos humildes da cidade soube...

natal ilusão brinquedos crianças pobres consumismo
“Eu não gosto de você, Papai Noel! Também não gosto desse seu papel de vender ilusões à burguesia. Se os garotos humildes da cidade soubessem do seu ódio à humildade, jogavam pedra nessa fantasia. Você talvez nem se recorde mais. Cresci depressa, me tornei rapaz sem esquecer, no entanto, o que passou. Fiz-lhe um bilhete pedindo um presente e a noite inteira eu esperei contente. Chegou o sol e você não chegou.

Meu amigo Luciano B. saía de uma boate no Recife enfrentando uma chuva intensa. Estava a bordo de uma loura espetacular e queria "se...

gentileza educacao cortesia
Meu amigo Luciano B. saía de uma boate no Recife enfrentando uma chuva intensa. Estava a bordo de uma loura espetacular e queria "se amostrar". Logo que seu potente carro começou a percorrer o caminho que os levaria à suíte presidencial do Sheraton, um outro veículo que vinha atrás passou a dar insistentes sinais de luz e buzinar freneticamente. O Don Juan paraibano quis mostrar sua macheza e baixou o vidro, estendeu o braço para fora e mostrou aquele dedo que significa vocês sabem o quê. O outro veículo continuou a buzinar e a dar luz alta e segundos depois o carro do meu amigo caiu num enorme buraco, sem condições de continuar andando.

Terça feira completei 67 anos e continuo perseguindo meu maior sonho; chegar aos 80 anos do mesmo jeitinho que estou hoje: lúcido, anarqui...

Terça feira completei 67 anos e continuo perseguindo meu maior sonho; chegar aos 80 anos do mesmo jeitinho que estou hoje: lúcido, anarquista, descompromissado com conveniências sociais, cheio de amigos e pleno de saudades dos que se foram. Nem penso mais no que já fiz. Quero é fazer mais. Mais amigos, mais histórias, torcer para que Deus faça com que aquelas pessoas que se julgam muito importantes (os tais que limitam suas felicidades às conveniências) entendam que é muito melhor ser um pouco feliz todo dia do que morrer esperando pela grande felicidade.

O ano era 1973 e aqui em João Pessoa um comerciante soube que o jovem S.B. estava terminando suas férias e voltaria ao Rio de Janeiro, ond...

O ano era 1973 e aqui em João Pessoa um comerciante soube que o jovem S.B. estava terminando suas férias e voltaria ao Rio de Janeiro, onde residia. O comerciante propôs que ao invés de voltar de avião ele fosse dirigindo uma Kombi que se destinava ao irmão. Tratava-se de uma Kombi daquelas antigas, que apresentava folga na direção e péssimo sistema elétrico (6 amperes), tanto assim que para buzinar ou ligar os faróis era necessário cuspir no dedo e apalpar os fusíveis a cada meia hora. O jovem S. B. gostou de economizar a grana da passagem e convidou o amigo A.G. para acompanhá-lo.

Na origem, um galo muito metido a besta achava que o sol só nascia porque ele cantava. Toda madrugada ele cacarejava e só depois o sol nas...

labia cash flow falencia esnobismo
Na origem, um galo muito metido a besta achava que o sol só nascia porque ele cantava. Toda madrugada ele cacarejava e só depois o sol nascia. Até que um dia ele dormiu demais e quando acordou o sol já havia nascido.

Aqui na Paraíba eu já conheci uns quantos “galos” de Chantecler.

Nascido Marcos Antônio Carlos Alberto Bertoso seu nome foi diminuindo até se consolidar como Macêpa. Estreou no Manaíra e foi adotado pel...

Nascido Marcos Antônio Carlos Alberto Bertoso seu nome foi diminuindo até se consolidar como Macêpa. Estreou no Manaíra e foi adotado pelos poderosos porque tomava conta dos seus carros. Chegou a ganhar uma casa que trocou, três meses depois, por uma geladeira. Registro que em 15 dias a tal geladeira quebrou para nunca mais.

Uma vez eu o levei para morar em meu apartamento no Rio de Janeiro, onde lhe franqueei conta aberta no restaurante que havia em frente ao prédio. Dias depois ele me surpreendeu dizendo que queria voltar porque não me aguentava mais. Paciência; fazer o que? Embarquei-o de volta a João Pessoa e no dia seguinte fui ao tal restaurante pagar o seu consumo. Em 10 dias aquela hipótese humana (no dizer do Professor Dorgival) havia comido “apenas” 22 estrogonofes de camarão.

Os pabulosos dirão que a melhor maneira de começar o dia é fazendo sexo. Isso é coisa de cinema. O casal acorda e sem escovar os dentes, s...

lorota conversa mole dia a dia caminhada matinal
Os pabulosos dirão que a melhor maneira de começar o dia é fazendo sexo. Isso é coisa de cinema. O casal acorda e sem escovar os dentes, sem tirar as remelas e o mingau das almas começa uma conversinha de pé de orelha e logo emenda na tentativa de fazer mais um filho, se é que vocês entendem minha sutileza.

Meu colega escritor Ariano Suassuna e eu sempre tivemos uma atração muito especial por doidos e mentirosos. Vejam só como a mentira está ...

mentira mentiroso lorota invencionismo crendice
Meu colega escritor Ariano Suassuna e eu sempre tivemos uma atração muito especial por doidos e mentirosos.

Vejam só como a mentira está no nosso dia a dia. Vocês acreditam que nós, humanos, viemos do macaco, não é? Mentira. Na verdade, nós temos um ancestral comum que viveu na África há mais de 6 milhões de anos. Temos 90% de compatibilidade de genes com os macacos, mas não evoluímos deles, taok? Podem ler a teoria da evolução de frente pra trás e de baixo pra cima que não irão encontrar uma linha afirmando o contrário.

Entre tantas ideias sobre a O.A.B., sempre pensei que o Presidente nacional da Ordem deveria ser eleito diretamente por todos os Advogad...

oab julgamento testemunha influencia politica
Entre tantas ideias sobre a O.A.B., sempre pensei que o Presidente nacional da Ordem deveria ser eleito diretamente por todos os Advogados do Brasil. Igualmente sempre defendi que os Conselheiros deveriam ser escolhidos de forma individual e não no formato chapa caixão. Por fim, tenho algumas ideias para otimizar o Judiciário com uma participação maior dos Advogados.

Todos que militam sabem que uma audiência para ouvir testemunhas é um dos atos mais desnecessários que um Juiz pode praticar. No entanto perde-se muito tempo e o mais das vezes não há qualquer contribuição para o processo. Primeiramente porque se uma parte indica uma testemunha é de se esperar que, mesmo não mentindo, essa testemunha nada diga de esclarecedor que possa prejudicar quem o convidou a depor.
Já se disse que a testemunha é a prostituta das provas. Mas o que nenhum político até hoje enxergou na feitura das leis que cuidam dos processos judiciais é que normalmente as duas partes em litígio têm seus advogados, pois não?

Apesar de ter-me filiado à corrente filosófica do nadismo, ainda não consegui alcançar o último e mais importante dos seus objetivos. Já...

algoritmo ideia capacidade mental marketing aplicativo
Apesar de ter-me filiado à corrente filosófica do nadismo, ainda não consegui alcançar o último e mais importante dos seus objetivos. Já deixei de fazer qualquer coisa, consegui não me preocupar mais com grana, política ou esportes. Só não consegui ainda deixar de pensar. A óbvia consequência é que continuo tendo sempre ideias geniais. Quase diariamente penso em soluções incríveis para todo tipo de problema. Um exemplo simples; no começo da semana imaginei que seria muito importante se pudéssemos ter extensões em nossos aparelhos celulares, como havia antigamente nas linhas telefônicas fixas.

Eu acredito que boas histórias são como saúde e dinheiro; sempre bem-vindas, como essa que ora transcrevo e que realmente aconteceu tempos...

trapaca pirataria enganacao falsificacao
Eu acredito que boas histórias são como saúde e dinheiro; sempre bem-vindas, como essa que ora transcrevo e que realmente aconteceu tempos atrás na cidade de Pombal, aqui na Paraíba. Quem me contou foi o amigo Soneca, uma verdadeira hipótese, como diria Dr. Dorgival se o tivesse conhecido. Diz Soneca que vivia naquela cidade um comerciante conhecido como Severino Cafazeste. Era assim mesmo, com z, pelo menos o dono da história é quem garante.

Sigam meu conselho; pulem a fase de pais, sejam avós diretamente, sem escalas. Dona Creusa Pires dizia que casa de avô é cabaré de neto. É...

amor familia avos pais convivencia netos
Sigam meu conselho; pulem a fase de pais, sejam avós diretamente, sem escalas. Dona Creusa Pires dizia que casa de avô é cabaré de neto. É bom, viu? Você conversa, brinca, deseduca e quando eles começam a chatear devolve aos pais. E é cada conversa... minha linda neta Aurora até pouco tempo devia imaginar que eu nasci tão antigamente que na cabeça dela convivi com os dinossauros, tantas eram as perguntas escalafobéticas.

Desde a infância sempre amei as mulheres. Nem mesmo a primeira decepção amorosa com Maria Dutra aos onze anos mudou isso. Até hoje os meu...

Desde a infância sempre amei as mulheres. Nem mesmo a primeira decepção amorosa com Maria Dutra aos onze anos mudou isso. Até hoje os meus “melhores amigos” são mulheres. Quando iniciei nas crônicas semanais (Jornal de Agá, posteriormente Correio da Paraíba) já comecei escrevendo sobre os direitos da mulher, ainda antes de “virar moda” defender o sexo feminino. Lembro bem que cheguei a desafiar o então Presidente Collor que humilhava publicamente sua esposa Rosane.

Meu enorme amigo Paulo Renha foi quem alertou para o assunto. Num vídeo mandado por ele e que postei durante a semana conta-se a história ...

literatura paraibana generosidade felicidade bem estar ocitocina saude terapia hormonal
Meu enorme amigo Paulo Renha foi quem alertou para o assunto. Num vídeo mandado por ele e que postei durante a semana conta-se a história de um homem que estava na fila de um drive thru e, ao pagar seu café, disse à caixa que também pagaria o café da pessoa que estava no automóvel seguinte, bem que dissesse a essa pessoa (que ele não conhecia) que ela era querida. Naquele momento o hormônio chamado ocitocina (e que juntamente com a dopamina, a serotonina e a endorfina formam os neurotransmissores da felicidade) foi liberado.

Em um copo longo, muita água de coco e um pouquinho de uísque, o que lembra? Para mim tem o sabor das antigas festas de quinze anos, qu...

literatura paraibana cronica nostalgia infancia juventude cheiros pratos refrigerantes
Em um copo longo, muita água de coco e um pouquinho de uísque, o que lembra? Para mim tem o sabor das antigas festas de quinze anos, quando nós, meninos enxeridos (13, 14 anos) dávamos os primeiros passos nas festas de João Pessoa. Por falar em festa de aniversário, que tal pastel de carne com açúcar? É ou não é a cara de festa de criança?

Galinha com aquela “graxa” é a cara do almoço de domingo antigamente. Lá em casa, como brigávamos pelo coração da galinha, minha mãe recortava

Ao contrário dos brasileiros que dizem ter tantos anos, os ingleses dizem que são tantos anos velhos. Tem razão; nós não temos o temp...

literatura paraibana marcos pires idade mentira esconder chacota
Ao contrário dos brasileiros que dizem ter tantos anos, os ingleses dizem que são tantos anos velhos. Tem razão; nós não temos o tempo que vivemos, ele já se foi.

Décio Moura, amigão, mentia deslavadamente quando perguntavam a sua idade, mas sempre exagerava para mais. Aos sessenta dizia ter setenta só para ouvir as pessoas elogiarem sua juventude. Aprendi com ele e digo que vou fazer oitenta anos. Depois dos elogios, emendo logo: “- Pois é; vou fazer sessenta e sete, sessenta e oito...até chegar aos oitenta, pode apostar”.