Mostrando postagens com marcador Marcos Pires. Mostrar todas as postagens

Meu colega escritor René Descartes, numa sacada incrível em seu livro “O discurso do método”, foi cirúrgico ao pretender que o bom sens...

politica polarizacao estrelas disco voador
Meu colega escritor René Descartes, numa sacada incrível em seu livro “O discurso do método”, foi cirúrgico ao pretender que o bom senso é a coisa que está mais bem distribuída no mundo, porque nenhum de nós acha que precisa de mais bom senso do que supostamente possui.

No entanto basta observar o atual cenário politico brasileiro para constatar o quão distantes estamos do bom senso. Nem de longe pretendo esgrimir ideias ou candidatos porque desde muito tempo entendi que no Brasil pós 1988 o que menos importa é quem ocupa a presidência.

Numa cidade parecidíssima com João Pessoa, onde tudo era tão igual que ali também habitavam os falsos ricos, foi noticiada a realização...

high society vaidade novo rico
Numa cidade parecidíssima com João Pessoa, onde tudo era tão igual que ali também habitavam os falsos ricos, foi noticiada a realização de uma festa espetacular. Aquele evento despertou um frisson jamais visto em toda a cidade. Até o cerimonial era tão sofisticado que foi contratado no sul do país.

Cheguei à época em que ninguém poderá dizer, quando eu me for, que morri antes da hora, o que não quer dizer absolutamente que t...

Cheguei à época em que ninguém poderá dizer, quando eu me for, que morri antes da hora, o que não quer dizer absolutamente que tenho a mínima pressa em reencontrar meus amados pais e queridos amigos que partiram antes do combinado.

No entanto preciso deixar registrado para os mais novos algumas presepadas que meus amigos produziram “no meu tempo”.

Entre todos os trabalhos desenvolvidos no âmbito da Lies University o que mais fascina reúne um grupo de cientistas que tem dedicado t...

mentira fakenews
Entre todos os trabalhos desenvolvidos no âmbito da Lies University o que mais fascina reúne um grupo de cientistas que tem dedicado todo o seu tempo a identificar mentiras. Nesta época de fake news será de suma importância.

O início dos trabalhos deu-se quase por acaso num jantar de celebração de mais um aniversário daquela centenária Universidade, quando alguém fez referência a estudos que apontavam basicamente quatro tipos de mentirosos.

Eu havia escutado esta narrativa por intermédio do inesquecível amigo Josélio Gondim, mas só recentemente, numa das minhas idas a São P...

humor boemia sao paulo noite paulistana
Eu havia escutado esta narrativa por intermédio do inesquecível amigo Josélio Gondim, mas só recentemente, numa das minhas idas a São Paulo, pude checar detalhes.

Esse tal Zé do Pé era muito conhecido da boemia intelectual de São Paulo nos anos 60 e frequentava as mesmas mesas no Bar do Museu, no Paddock e outros “templos” da época.

Apresento a vocês Ronald de Chevalier, um amazonense que fez a vida na boemia e intelectualidade do Rio de Janeiro. Conhecido como Roni...

rio roniquito boemia lapa scarlet moon
Apresento a vocês Ronald de Chevalier, um amazonense que fez a vida na boemia e intelectualidade do Rio de Janeiro. Conhecido como Roniquito, fã de música clássica e de William Faulkner, falava fluentemente inglês e francês. Sóbrio ele era um gentleman. Mas quando bêbado (e isso acontecia quase diariamente) tornava-se bélico.

Ao longo do tempo o mundo assistiu a degradantes exemplos de como o ser humano pode se humilhar para estar junto ao poder e até event...

Ao longo do tempo o mundo assistiu a degradantes exemplos de como o ser humano pode se humilhar para estar junto ao poder e até eventualmente beneficiar-se desse poder.

Já contei aqui sobre a cena do Fula de Bauma, magistralmente retratada no belíssimo filme “Amistad”, do meu colega diretor Spielberg. Em uma cena os escravos vindos da África e que foram capturados a bordo do tal navio em alto mar, estão acorrentados em celas infectas e entra o advogado com suas caras roupas e um enorme chapéu. Um dos escravos pergunta ao outro quem era aquele. Pela importância, o outro responde que deve ser o ‘Fula de Bauma’, referindo-se à mais alta autoridade da região africana de Bauma, cuja função era recolher esterco para adubar o roseiral do Rei, o que lhe dava enorme distinção no reino. Um terceiro cativo pergunta ao que recebera a informação quem era o personagem e ele resume; “- É o catador de bosta”.

— E aí, amigo, esse telefone é seguro? — É sim. Cada vez que eu falo, troco o chip, e a cada dez ligações estou trocando o aparel...

politica ligacao corrupcao eleicao
— E aí, amigo, esse telefone é seguro?

— É sim. Cada vez que eu falo, troco o chip, e a cada dez ligações estou trocando o aparelho.

— Olha só, estou te ligando para fazer um acerto daquela última parada.

— Como assim? Eu mandei a parte do teu chefe e a tua, faz mais de dois meses...

Ao longo do tempo os mais importantes cientistas do mundo visitaram o Brasil e deixaram registradas suas impressões. Vale a pena revis...

darwin einstein feynman gamow
Ao longo do tempo os mais importantes cientistas do mundo visitaram o Brasil e deixaram registradas suas impressões. Vale a pena revisitar essas opiniões.

Começo com o Doutor George Gamow, físico russo que esteve no Brasil para dar algumas palestras em 1939 na sua área de especialização. Só que o russo descobriu os encantos do cassino da Urca e varava madrugadas nas mesas de roleta. Ninguém entendia como o professor conseguia sair do cassino ao amanhecer e logo depois fazer as tais palestras. Apesar da boemia o homem era fera.

Andei 315 quilômetros em 10 dias percorrendo o caminho de Santiago de Compostela pelo interior da Espanha. Temperatura matinal média de 6 ...

Andei 315 quilômetros em 10 dias percorrendo o caminho de Santiago de Compostela pelo interior da Espanha. Temperatura matinal média de 6 graus, chuvas insistentes, ladeiras que eram subidas e descidas varias vezes por dia em altitudes de até 1.500 metros. A secreção veio como uma velha amiga do peito, a respiração tornando-se mais difícil e a cada passo a incerteza de que haveria condições de dar o passo seguinte. Muito cansaço. Cada etapa vencida mostrava o quão distante eu estava do que havia planejado.

Pra começo de conversa a briga não existe. Você não vai ao supermercado comprar um quilo ou um metro de briga. Portanto, desde o momento ...

briga arenga disputa
Pra começo de conversa a briga não existe. Você não vai ao supermercado comprar um quilo ou um metro de briga. Portanto, desde o momento em que uma briga nasce, ela já está no lucro. Ganhou vida da mesmíssima maneira que um bebê recém-nascido. São necessárias duas pessoas para criá-la, só que ao invés das crianças geralmente produtos de atos de amor, as brigas são fecundadas quando a inteligência dá uma pausa.

Sempre quis contar essa história a vocês. É daquelas que mostram até onde pode ir a força de vontade do ser humano. Vou tratar do Presiden...

rio roosevelt amazonas rondon
Sempre quis contar essa história a vocês. É daquelas que mostram até onde pode ir a força de vontade do ser humano. Vou tratar do Presidente americano Theodore Roosevelt na sua viagem ao Brasil. Adoentado e derrotado na sua campanha à reeleição presidencial em 1912, arrumou uns poucos pertences na mala e chegou aqui para uma aventura. Mas não uma aventura qualquer. Simplesmente juntou-se ao Marechal Rondon e constituíram a expedição cientifica “Rondon-Roosevelt”, que aconteceu entre dezembro de 1913 e abril do ano seguinte. Seu objetivo era mapear o rio da Dúvida, cuja extensão era desconhecida e que fora descoberto pelo próprio Rondon em 1909.

Coitados dos meus colegas escritores Ariano Suassuna e Gabriel García Márquez. Por mais que tenham criado personagens maravilhosos não conh...

sucesso perseveranca humildade
Coitados dos meus colegas escritores Ariano Suassuna e Gabriel García Márquez. Por mais que tenham criado personagens maravilhosos não conheceram Tiquinho. Se ainda fossem vivos, morreriam de inveja quando soubessem que eu tenho o privilégio de caminhar nas madrugadas da beira mar do Cabo Branco ouvindo-o contar suas histórias.

Dona Creusa Pires , de quem tenho o privilégio de ser filho, dizia que o melhor da festa é esperar por ela. Tinha razão. Quando jovens, ...

caminho santiago espanha compostela viagem
Dona Creusa Pires, de quem tenho o privilégio de ser filho, dizia que o melhor da festa é esperar por ela. Tinha razão. Quando jovens, na expectativa de qualquer evento, programamos com deleite a roupa que usaremos, com quem encontraremos e muita coisa mais. Só que, caminhando para os 80 anos, o melhor da festa para mim é não ir a nenhuma festa, ficar em casa. Porém esta é outra história. A história de uma viagem. A viagem do meu coração.

No julgamento do Habeas Corpus 300, o Presidente da República perguntou aos ministros do Supremo quem lhes daria o Habeas Corpus que eles...

stf indicacao floriano peixoto barata ribeiro
No julgamento do Habeas Corpus 300, o Presidente da República perguntou aos ministros do Supremo quem lhes daria o Habeas Corpus que eles necessitariam se concedessem a ordem de HC aos adversários políticos de Sua Excelência. Por 10 votos a 1, o STF negou o pedido. E olha que a petição, com 50 páginas, estava tão bem redigida e fundamentada que o jornal inglês The Law Gazette publicou-a na íntegra.

Mesmo os meios de transporte, tipo automóveis, motos e bicicletas, só se movem se o ser humano provocar o movimento. Não é comum alguém co...

viagem aeroporto contratempo marcos pires
Mesmo os meios de transporte, tipo automóveis, motos e bicicletas, só se movem se o ser humano provocar o movimento. Não é comum alguém constatar que alguma coisa se move sozinha. Vá lá, o controle remoto da TV é uma exceção. Não é incomum deixá-lo num lado da cama e encontrá-lo na mesa de cabeceira. Porém é só isso. Móveis rangerem de madrugada e bolinhas de gude baterem no chão do apartamento do seu vizinho de cima são coisas do além, e nessa seara eu não entro; é a área de mãe Leca. E foi exatamente ela quem deu a prova definitiva de que documentos se movem sozinhos, sim.

Segundo me contaram, COR, CORDIS, seria coração em latim. Tanto é assim que palavras como coragem e concordar tem a ver com o coração do s...

maratona paris 2022 pandemia
Segundo me contaram, COR, CORDIS, seria coração em latim. Tanto é assim que palavras como coragem e concordar tem a ver com o coração do ser humano. Cordato desembesta pelo mesmo caminho. É que lá nos antigamentes pensava-se que o coração era quem comandava a bagunça humana. Só depois se descobriu o cérebro. Deve ter sido numa cacetada que um neandertal deu na cabeça de um homo sapiens, mas deixa pra lá.

Depois de dois anos contidos por todos os meios imagináveis (do uso de máscaras à proibição de viajar) finalmente pudemos usar umas passa...

paris maratona fim pandemia
Depois de dois anos contidos por todos os meios imagináveis (do uso de máscaras à proibição de viajar) finalmente pudemos usar umas passagens adquiridas ainda antes da pandemia e viemos participar da maratona de Paris.

Já no embarque em Recife a primeira surpresa; não nos pediram qualquer teste covid. Um único senão; mãe Leca dirigiu-se a mim enquanto estávamos no restaurante esperando o embarque: “- Lindinho, você vai tomar algo?”. Antes que eu respondesse, o garçom virou para ela e respondeu: “- Não, obrigado, só quando largar o serviço.” Dei-lhe um esbregue que o fela correu e escondeu-se na cozinha. Nem Will Smith faria melhor.

Provavelmente os queridos leitores já ouviram falar da empresa Agroceres, potência da agricultura nos mais diversos segmentos do tal agr...

Provavelmente os queridos leitores já ouviram falar da empresa Agroceres, potência da agricultura nos mais diversos segmentos do tal agronegócio. Porém duvido muito que vocês conheçam a história de Antônio Secundino.

Nasceu nos cafundós de Minas, filho de pequenos agricultores. Seu pai morreu quando ele era criança e sua mãe, que mal sabia ler e escrever, convenceu um vizinho que estivera 3 anos na escola a ensinar o básico do básico ao menino. Em troca presenteava esporadicamente o professor com uma galinha ou um bacorinho.

Não me compadeço dos supostos incautos que são vítimas dos vigaristas. É que na quase totalidade são pessoas que perseguem uma vantagem no...

vigarice falcatrua golpe
Não me compadeço dos supostos incautos que são vítimas dos vigaristas. É que na quase totalidade são pessoas que perseguem uma vantagem no mínimo duvidosa. Ultimamente os golpes voltaram com força. Há o caso de um suposto pastor que prometia remunerações fantásticas aos que investissem em seus negócios. Como assim? Negócio de pastor é fé. E desde quando a fé rende juros e correção? O tal pastor prometia devolver três bilhões (isso mesmo) a quem investisse mil reais. Como alguém pode acreditar nisso?