Não devemos e nem podemos evitar a saudade de quem gostamos. Que ela venha de mansinho, em companhia da esperança, mesmo que acabe nos deix...

É bom ter saudade

é bom ter saudade cronica carlos romero

Não devemos e nem podemos evitar a saudade de quem gostamos. Que ela venha de mansinho, em companhia da esperança, mesmo que acabe nos deixando lágrimas.

Por que esse medo da saudade dos que partiram? Por que temer um sentimento tão humano? Deixe de lado a amargura e reveja as fotos antigas. Coloque-as nas paredes ou na mesinha de cabeceira.

Não guarde as recordações e imagens dos entes queridos dentro de uma mala ou de uma gaveta, como se fossem coisas proibidas. Saiba que eles continuam vivos e só morrem, realmente, no dia em que você esquecê-los.

Ter saudade é bom. Ela é fome de presença. É o elo que liga as pessoas que estão em planos universais diferentes. Saiba que as pessoas apenas se ausentam do nosso convívio. Elas jamais se extinguem. Se não fosse assim, que sentido teria a existência?

É preciso ter sempre em mente a grande lição que a vida nos dá: nós amanhecemos, crescemos, amadurecemos, desaparecemos e depois voltamos, assim como o sol, que jamais morre nas sombras da noite.

Se você ama, não esqueça. Faça da lembrança um hábito bom. Toda vez que você pensa numa pessoa, com ela você estabelece uma ligação, uma sintonia. Pense com alegria e sua vida se iluminará.

O amor pede culto e cultivo. Lembre-se sempre disso. E jamais conserve um coração de pedra por causa da saudade.
COMPARTILHE
comente via facebook
COMENTE
  1. Muito bom o texto.
    Só não devemos ficar muito preso a saudades, senão a vida fica a nos parecer triste.

    ResponderExcluir
  2. Carlos,
    Voce continua dando licoes de vida como ninguem. E nesse seu blogue, até a saudade fica gostosa.
    Parabens.
    Astier Basilio

    ResponderExcluir

leia também