Mostrando postagens com marcador Geraldo Campetti. Mostrar todas as postagens

Vida, natureza, família, semelhante, trabalho, chefe, prova, expiação, dor, sofrimento, enfermidade, saúde, amigo, inimigo, alegria, t...

meditacao silencio gratidao
Vida, natureza, família, semelhante, trabalho, chefe, prova, expiação, dor, sofrimento, enfermidade, saúde, amigo, inimigo, alegria, tristeza, situação financeira são alguns exemplos dos motivos de gratidão ou reclamação de nossa parte.

Qualquer coisa pode ser razão para agradecer ou reclamar, a depender do ponto de vista.

O Sermão da Montanha, também conhecido como o Sermão do Monte ou o Cântico das Bem-Aventuranças, é uma das passagens mais icônicas do ...

sermao monte jesus evangelho
O Sermão da Montanha, também conhecido como o Sermão do Monte ou o Cântico das Bem-Aventuranças, é uma das passagens mais icônicas do Novo Testamento e uma parte fundamental do ensinamento de Jesus Cristo no Cristianismo. Este discurso é encontrado nos Evangelhos de Mateus, capítulos 5 a 7, e Lucas, capítulo 6, e contém uma série de ensinamentos e princípios morais que têm influenciado profundamente a ética e a espiritualidade cristãs ao longo dos séculos.

A intersecção entre saúde e espiritualidade é um tema de profunda relevância e complexidade, abordado de maneira singular pelo Espir...

saude integral espiritismo espiritualidade
A intersecção entre saúde e espiritualidade é um tema de profunda relevância e complexidade, abordado de maneira singular pelo Espiritismo. Para compreendê-lo de maneira integral, é necessário explorar os conceitos subjacentes a ambos. A saúde, em seu sentido mais amplo, não se limita apenas à ausência de doenças físicas, mas também incorpora o bem-estar emocional, psíquico e espiritual. Já a espiritualidade refere-se à busca de significado e -propósito na vida, muitas vezes associada a crenças religiosas, mas não se limitando a elas. Ela envolve uma conexão profunda do indivíduo consigo mesmo, com os outros e com o universo.

Nas páginas do livro Suicídio e vida após a morte: amargura e remorso de poetas suicidas , mergulhamos em uma exploração profunda ...

vida apos morte suicidio espiritismo literatura espirita
Nas páginas do livro Suicídio e vida após a morte: amargura e remorso de poetas suicidas, mergulhamos em uma exploração profunda e sensível das obras de quatro poetas marcantes – Antero de Quental, Batista Cepelos, Hermes Fontes e Francisca Júlia. Este livro não apenas revela a complexidade das mentes criativas desses escritores, mas também lança luz sobre a importância de suas poesias em relação ao arrependimento, reparação e, principalmente, à prevenção e posvenção do suicídio.

Expressão que ecoa nos corações sensíveis à Espiritualidade – Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho – traz consigo um c...

espiritismo chico xavier humberto campos brasil
Expressão que ecoa nos corações sensíveis à Espiritualidade – Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho – traz consigo um chamado profundo e uma responsabilidade que transcende fronteiras e credos. Escrita por Humberto de Campos e psicografada por Francisco Cândido Xavier, essa obra convoca a reflexões íntimas e ações conscientes.

“O maior paradoxo da atualidade é que vivemos num mundo inundado de informação, mas sedento de conhecimento.” Essa afirmação fo...

democracia informacao igualdade democratizacao justica tecnologia

“O maior paradoxo da atualidade é que vivemos num mundo inundado de informação, mas sedento de conhecimento.”

Essa afirmação foi atribuída a Jack Welch, presidente da General Electric. Ela incita-nos a refletir sobre a nossa situação na sociedade pós-moderna, na qual o denominado setor quaternário ganha espaço.

Após a clássica estruturação da economia nos setores primário, secundário e terciário, decorrente dos estudos do economista inglês Colin Clark (1905-1989), precisamos admitir que novo setor econômico desponta no cenário nacional e internacional, revolucionando conceitos e paradigmas. A ciência, a tecnologia e a informação são as responsáveis pelas grandes e céleres transformações sociais, econômicas, artísticas e culturais dos últimos tempos.

O mês de dezembro evoca-nos lembranças agradáveis. O ambiente parece renovado, leve e propício à paz. Não obstante os conflitos e...

O mês de dezembro evoca-nos lembranças agradáveis. O ambiente parece renovado, leve e propício à paz.

Não obstante os conflitos externos e o caos que teimam em imperar nas relações humanas, intimamente nos sentimos envolvidos por proteção espiritual elevada, que nos faz nutrir sentimentos, pensamentos e vibrações de solidariedade e bem-estar.

Nesse período, ficamos dispostos a olhar para o semelhante como irmão, merecedor de atenção e acolhimento. Recordamo-nos dos ensinos do Evangelho e lembramo-nos de passagens que sugerem a prática do bem e o entendimento na relação com o próximo.

Amigo leitor! O título deste artigo parece pretensioso. Talvez seja. Seria demais, provavelmente, responder em poucas linhas qual a ma...

Amigo leitor! O título deste artigo parece pretensioso. Talvez seja.

Seria demais, provavelmente, responder em poucas linhas qual a maior necessidade do ser humano aqui na Terra neste princípio de século, perante tantos desafios e problemas graves, como a miséria, a injustiça social, a criminalidade, a violência urbana, o preconceito, a corrupção, a ignorância, a maldade…