Te espero como a manhã o sol como o brilho o cristal

Matinal


Te espero

como a manhã o sol
como o brilho o cristal

Te espero

como a doce lágrima a face terna
e o sorriso franco
como o amor espera o amor

Te espero ainda

como a flor a primavera
como o vestido o branco

Te espero mais ainda

como uma boca a boca
como um corpo o corpo

indefinida definida espera


Ana Elvira Steinbach Torres é doutora em ciências humanas e professora
COMPARTILHE
comente via facebook
COMENTE

leia também