O Físico e Astrônomo Carl Sagan (1934 - 1996) afirmou que se o tivessem interrogado sobre qual lugar desejaria ter conhecido, ...

A escolha de Carl Sagan

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana veronica farias Carl Sagan biblioteca de alexandria divaldo franco medicina psicossomatica
O Físico e Astrônomo Carl Sagan (1934 - 1996) afirmou que se o tivessem interrogado sobre qual lugar desejaria ter conhecido, ele certamente teria escolhido conhecer a Biblioteca de Alexandria. A Biblioteca foi o cérebro e a glória da maior cidade da Terra, porque concentrou o maior número de intelectuais e pesquisadores da época.. Durou cerca de 700 anos (300 A.C.- 400 D.C.), mas gradualmente em diversas etapas foi sendo destruída. Foi o primeiro Instituto de Pesquisa do mundo. Possuía dez laboratórios de pesquisas, um zoológico com animais da Índia e da África Subsariana (área sul do Deserto do Saara), jardins botânicos, salas de dissecação, observatório astronômico bem como era uma grande centro de fabricação de papiro.

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana veronica farias Carl Sagan biblioteca de alexandria divaldo franco medicina psicossomatica
O acervo da brilhante Biblioteca, que era consagrada ao deus Serápis, chegou a possuir mais de um milhão de pergaminhos. Vários agentes percorriam o mundo comprando bibliotecas. Os organizadores da biblioteca reuniram todas as culturas e línguas do mundo. Os navios que atracavam em Alexandria eram vasculhados a procura de pergaminhos. Dentre os inúmeros pesquisadores ilustres destacam-se: Euclides que sistematizou brilhantemente a geometria. Ainda hoje é estudada a sua pesquisa.; Dionísio de Trácia que escreveu o primeito livro sobre gramática grega, definindo partes do discurso, diferenciando substantivo, verbo, etc; Hierófilo que em sua pesquisas definiu o cérebro como sendo o centro da inteligência, ao contrário do que antes se imaginava ser o coração; Zenódoto de Éfeso que buscou padronizar os textos dos poemas de Homero e produziu o registro mais antigo que se teve notícia da ordem alfabética como método de organização; Eratóstenes de Cirene, que calculou com precisão matemática a circunferência da Terra; Galeno, que estudou a cura e anatomia humana na área da Medicina até o período Renascentista; Apolônio de Perga, que contribuiu com pesquisas na área de Matemática estudando a Parábola, Elipse e estudos em que descreve o caminho dos objetos em um Campo Gravitacional, até hoje utilizado em viagens espaciais; Heron de Alexandria que inventou os motores à vapor e as engrenagens dos trens. Ele foi o autor do Primeiro Livro sobre Robôs. A decadência da Biblioteca deu-se por conta de desendimentos entre religiosos e governantes. Perseguiam os cientistas e intelectuais, juntamente com a falta de apoio financeiro por parte dos governos subsequentes. A última cientista à trabalhar na Biblioteca foi Hiphátia.
ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana veronica farias Carl Sagan biblioteca de alexandria divaldo franco medicina psicossomatica
Era Astrônoma, Filósofa e Matemática, estudiosa das Teorias Euclidianas, de Diofanto e Plotino. Aos 30 anos de idade, assumiu a Diretoria da Escola Filosófica Neoplatônica, grande conquista até para os dias atuais. Foi assassinada e um ano após a sua morte, a Biblioteca, que já vinha sofrendo sucessivos ataques, fechou por completo. Os reis gregos que sucederam Alexandre, colocaram as Ciências como tesouros do Império. Um tipo de esclarecimento digno e raro de ver até os dias de hoje. Mas, a intolerância religiosa destruiu o que antes representou a “semente” do mundo moderno. A perda foi incalculável e até hoje se lamenta as obras que para sempre ficaram desconhecidas.

A existência dessa Biblioteca não veio por acaso; Como preparação para a vinda de Jesus Cristo. Segundo relata Divaldo Franco, estava prevista a vinda de espíritos elevados espiritualmente com a finalidade de cooperar com o progresso da humanidade através dessas mentes brilhantes. Não foi por acaso as pesquisas nas áreas das Forças Magnéticas, Medicina Psicossomática, utilização do Fogo Frio.

Em suma, a Biblioteca de Alexandria representou um farol na consciência humana e exatamente como Carl Sagan, também ficaria muito feliz em conhecer esse monumento de beleza e recanto de sonhos.


Verônica Maria Farias é graduada em ciências econômicas
COMPARTILHE
comente via facebook
COMENTE
  1. Parabéns👏👏👏👏 Veronica Maria Farias...brilhante texto!!! Como relata
    a "Biblioteca de Alexandria representou um farol na consciência humana" e.. mais adiante a referencia de Carl Sagan..em sua felicidade que teria em """conhecer esse monumento de beleza".
    Maravilha de relato!
    Paulo Roberto Rocha

    ResponderExcluir

leia também