Mostrando postagens com marcador Rui Leitão. Mostrar todas as postagens

“Vox Populi, Vox Dei” é uma expressão latina que pretende dizer que “a voz do povo é a voz de Deus”. Tenho muita dificuldade em aceitar is...

“Vox Populi, Vox Dei” é uma expressão latina que pretende dizer que “a voz do povo é a voz de Deus”. Tenho muita dificuldade em aceitar isso como verdade. Não acredito que as manifestações do sentimento popular tenham inspiração divina. Nem sempre são coincidentes a voz do povo com a voz de Deus. Vemos frequentemente a vontade popular se expressando em contrário aos ensinamentos bíblicos. São decisões nascidas de influências nefastas, pautadas em conceitos que não se afirmam “do bem”. Logo não podem ser consideradas como orientadas por Deus.

Todos nós temos a ideia falsa de que pessoas inteligentes são sensatas. Nem sempre. Aliás, estamos vivenciando um tempo em que aumenta c...

literatura paraibana rui leitao insensatez inteligencia
Todos nós temos a ideia falsa de que pessoas inteligentes são sensatas. Nem sempre. Aliás, estamos vivenciando um tempo em que aumenta cada vez mais o número de indivíduos apontados como de bom nível de inteligência se comportando fora do que possa ser considerado atitude de bom senso. O que tem concorrido para que isso esteja acontecendo? Motivados por causas abraçadas de maneira apaixonada, abrem mão da própria racionalidade, perdendo a capacidade de discernimento.

Originado do sânscrito e que significa “professor”, o termo guru tornou-se popularmente a qualificação de alguém ,com extraordinária sab...

literatura paraibana vamberto costa rui leitao advocacia paraibana
Originado do sânscrito e que significa “professor”, o termo guru tornou-se popularmente a qualificação de alguém ,com extraordinária sabedoria, a quem recorremos em busca de orientação, conselhos, aprendizado. Geralmente é uma pessoa tida como referência para a nossa vida. Encontramos nele o exemplo em muita coisa que pretendemos ser ou fazer.

O indivíduo identificado como bravateiro deixa de ser considerado como alguém que mereça ser respeitado. É viciado em produzir declarações...

literatura paraibana cronica bravateiro fanfarrao mentiroso falso sonso arrogante
O indivíduo identificado como bravateiro deixa de ser considerado como alguém que mereça ser respeitado. É viciado em produzir declarações irresponsáveis, absolutamente despropositadas. Não tem o senso do ridículo, por isso se põe a mentir com a maior naturalidade, ainda que se mostre um sujeito risível, burlesco. Costuma esbravejar com fúria, fazendo ameaças impossíveis de serem efetivadas, quando se sente acuado. Fanfarrão por natureza, tenta passar a imagem de “valentão” na tentativa de intimidar desafetos.

“O futuro pertence à jovem guarda, porque a velha está ultrapassada”. A essa frase de Lênin se atribui o motivo do nome dado ao movimento...

literatura paraibana jovem guarda tropicalismo musica popular brasileira
“O futuro pertence à jovem guarda, porque a velha está ultrapassada”. A essa frase de Lênin se atribui o motivo do nome dado ao movimento musical e comportamental, liderado por Roberto Carlos, na década de sessenta. Tudo começou em 1965, com o programa de televisão que recebia esse título, realizado nos domingos à tarde no auditório da Record, em São Paulo. Era visto ao vivo pelos paulistas e assistido dias depois em vídeo tape nas demais capitais do país. Apresentado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa, o programa obteve tanto sucesso que se transformou num fenômeno nacional.

A pandemia tem feito com que a gente sinta, com muito mais intensidade, a saudade de um abraço. Aquela vontade enorme de abraçar as pessoa...

literatura paraibana pandemia saudade abraco isolamento confinamento
A pandemia tem feito com que a gente sinta, com muito mais intensidade, a saudade de um abraço. Aquela vontade enorme de abraçar as pessoas que amamos e que, por força das circunstâncias, estão distantes fisicamente. Esse gesto simples, mas tão carregado de sentimentos e emoções, é a expressão mais verdadeira de afetividade e afinidades. O necessário isolamento social a que estamos obrigados a vivenciar, tem nos maltratado nesse aspecto, fazendo com que sintamos a falta do calor humano que só o abraço pode proporcionar.

Até os anos setenta Tambaú não era ainda o que se pode chamar de uma praia urbana. Configurava-se, principalmente, como um espaço de laz...

literatura paraibana cronica nostalgia praia tambau
Até os anos setenta Tambaú não era ainda o que se pode chamar de uma praia urbana. Configurava-se, principalmente, como um espaço de lazer, para se usufruir o seu mar tranquilo, considerado excelente para o banho. Poucas pessoas faziam do bairro a sua moradia. Os mais abastados possuíam domicilio na cidade e uma casa de veraneio em Tambaú.

A covardia no ser humano se manifesta de várias maneiras. Há os covardes explícitos, aqueles que não escondem o comportamento pusilânime, ...

literatura paraibana cronica covardia frase mahatma gandhi medo bravura rui leitao
A covardia no ser humano se manifesta de várias maneiras. Há os covardes explícitos, aqueles que não escondem o comportamento pusilânime, e os covardes medrosos, passivos, apáticos. Ambos são perigosos e nocivos à sociedade. Uns se revelam agressivos, principalmente quando atacam indefesos. Outros se fingem de bonzinhos, mas na prática causam danos a outros sem qualquer constrangimento.

Repentinamente o planeta silenciou, obrigado por uma pandemia que impôs medo à humanidade. No isolamento social a que estamos obrigados vi...

literatura paraibana auto ajuda quarentema pandemia isolamento social confinamento reflexao
Repentinamente o planeta silenciou, obrigado por uma pandemia que impôs medo à humanidade. No isolamento social a que estamos obrigados vivenciar, passamos a questionar o que esse silêncio traz escondido na sua manifestação. A sociedade contemporânea está sendo convocada a fazer uma autoavaliação comportamental. O ser humano sendo despertado para a necessidade de olhar para si mesmo, identificando o lado “sombra” de sua personalidade. O coronavírus tem enviado mensagens que precisam ser ouvidas por todos nós. Daí a essencialidade de nos fecharmos em casa, segregados em família, para exercitarmos a reforma íntima.

O momento nacional nos impõe uma reflexão sobre a postura ética na administração pública. É preocupante a crise de credibilidade por que ...

literatura paraibana cronica politica etica desvios solidariedade agente instituicoes publicas
O momento nacional nos impõe uma reflexão sobre a postura ética na administração pública. É preocupante a crise de credibilidade por que passam as instituições responsáveis pela gestão da coisa pública. Há de se recuperar o interesse público como propósito maior da existência do Estado, sob pena de se verificar o fenômeno da ingovernabilidade.

Discordar é um ato que exige conhecimento de causa, mas também respeito ao interlocutor. Não transformar uma simples discussão num conflit...

literatura paraibana discordar conviver tolerancia dialogo
Discordar é um ato que exige conhecimento de causa, mas também respeito ao interlocutor. Não transformar uma simples discussão num conflito que acabe em ofensas ou insultos. Discordar é divergir, ter opinião contrária. Mas é necessário que estejamos preparados para oferecer argumentos inteligentes na contestação. Assim enriquecemos o processo comunicativo e preservamos as relações pessoais. Não nos deixarmos jamais ser levados pelo emocional.

A multiplicidade dos papéis sociais na dinâmica da vida contemporânea marca a nova identidade feminina. A conquista desse perfil, muito ma...

literatura paraibana mulher trabalho auto ajuda estima igualdade confiança desafio opressão
A multiplicidade dos papéis sociais na dinâmica da vida contemporânea marca a nova identidade feminina. A conquista desse perfil, muito mais efetivo nas últimas décadas, se deveu a uma luta histórica de superação de uma mentalidade machista que segregava a mulher a uma situação de subalternidade, dependência e inferioridade na relação de gêneros.

A juventude em êxtase. O mundo inteiro entra numa alucinada e apaixonada admiração por um quarteto de jovens ingleses que veio para mudar ...

literatura paraibana cronica beatles beatlemania musica influencia musical
A juventude em êxtase. O mundo inteiro entra numa alucinada e apaixonada admiração por um quarteto de jovens ingleses que veio para mudar comportamentos, indumentárias e conceitos. A beatlemania nasceu em outubro de 1963, quando quatro ingleses na faixa dos vinte anos surpreenderam, promovendo a mais revolucionária das mudanças de procedimentos de que temos conhecimento na história.

Tem muita gente que não está preparada para ser vidraça, porque se acostumou a ser estilingue. Críticos ferrenhos de outrora, ficam incomo...

literatura paraibana cronica reflexao auto ajuda serenidade reclamacoes desavencas fragmentos
Tem muita gente que não está preparada para ser vidraça, porque se acostumou a ser estilingue. Críticos ferrenhos de outrora, ficam incomodados quando são apontados os erros e equívocos que antes eram motivos de suas desaprovações. Se a vidraça não está preparada para receber as pedradas que lhe são lançadas, corre o risco de se despedaçar com rapidez.

É muito comum se estigmatizar a figura do boêmio. A primeira imagem é a de alguém que leva um estilo de vida voltado para a farra, vagan...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana rui leitao anos 60 sessenta boemia elite bar churrascaria bambu
É muito comum se estigmatizar a figura do boêmio. A primeira imagem é a de alguém que leva um estilo de vida voltado para a farra, vagando pelos bares, aproveitando ao máximo os prazeres da noite. Pejorativamente procura-se classificar a boemia como comportamento de vadiagem. Talvez porque os espaços frequentados pelos boêmios sejam, de certa forma, considerados locais onde as pessoas se libertam da obrigação de estar rigorosamente enquadrados ao que definem as regras sociais.

O esforço maior tem que ser o de não nos colocarmos como vítimas, em hipótese alguma. Por maior que seja a dor emocional que esteja nos a...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana rui leitao otimismo animo esperanca superacao paz
O esforço maior tem que ser o de não nos colocarmos como vítimas, em hipótese alguma. Por maior que seja a dor emocional que esteja nos abatendo. Expectativas frustradas costumam causar decepções, angústias e inconformismo. Ficamos procurando explicações para a ocorrência que nos surpreende. Aquele sentimento de injustiça que não quer nos desgarrar.

O livre arbítrio é um tema bastante polêmico. Tem sido objeto de discussão e estudos por parte de pensadores e filósofos, tanto na concepç...

ambiente de leitura carlos romero cronica rui leitao auto ajuda livre arbitrio liberdade religiao cristianismo calvinismo espiritismo santo agostinho
O livre arbítrio é um tema bastante polêmico. Tem sido objeto de discussão e estudos por parte de pensadores e filósofos, tanto na concepção teológica quanto na visão ateísta. O debate suscita a pergunta: o livre arbítrio é um mito? Ou é uma faculdade que foi concedida por Deus aos seres humanos?

Quando não existia tv, nossa referência como programa noticioso era o Repórter Esso. Foi o primeiro noticiário do rádio jornalismo brasil...

ambiente de leitura carlos romero cronica rui leitao nostalgia reporter esso heron domingues manipulacao jornalismo midia sensacionalismo imperialismo norte americano opiniao publica
Quando não existia tv, nossa referência como programa noticioso era o Repórter Esso. Foi o primeiro noticiário do rádio jornalismo brasileiro. Era patrocinado por uma empresa norte-americana chamada Standard Oil Company of Brazil, conhecida como Esso. Seu slogan era: “o primeiro a dar as últimas e testemunha ocular da História”. Sua primeira transmissão aconteceu pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, em 1941, fazendo a cobertura da Segunda Guerra Mundial. A proposta era exatamente fazer para nós brasileiros a propaganda daquele conflito bélico em favor dos Estados Unidos. Sua última apresentação ocorreu em 1968.

O egoísmo que excede limites é um distúrbio de atitudes que altera a personalidade. É quando se manifesta de forma que o indivíduo não med...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana rui leitao egoismo egocentrismo falta carater humildade
O egoísmo que excede limites é um distúrbio de atitudes que altera a personalidade. É quando se manifesta de forma que o indivíduo não mede esforços para conseguir o que quer, mesmo em detrimento de outros. As pessoas que assim se comportam são frias, sem sentimento, sedutoras. Nunca apresentam remorsos ou se sentem culpadas pelo mal que possam ter causado a alguém. Mas conseguem disfarçar seu “lado negro”.

Com certeza nossos netos e muitos dos nossos filhos não saberão responder a essa pergunta. Para eles é inimaginável entender como poder...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana rui leitao uso celular exagero meio comunicacao antigamente objeto consumo
Com certeza nossos netos e muitos dos nossos filhos não saberão responder a essa pergunta. Para eles é inimaginável entender como poderíamos ficar sem essa comunicação em tempo real que a internet nos proporciona através dos aparelhos celulares. Devem concluir que estávamos num atraso grande, sem a possibilidade de acompanharmos as notícias na hora em que elas aconteciam, passando dias ou meses para receber uma comunicação de quem estava distante, tendo dificuldades em tirar dúvidas já que não havia o “google.
No meu tempo a única forma de se comunicar com outra pessoa com rapidez era através do telefone fixo e mais tarde pelo “orelhão”, telefones públicos colocados ao dispor da população. Para saber o numero do telefone de um amigo era preciso consultar o catálogo que as empresas de telefonia imprimiam a cada ano ou guardá-los na memória.