Ah, esse mês de junho... Como eu gosto dele! Comecemos pela chuva. Que bom vê-la caindo sobre a terra, molhando tudo, esfriando tudo. Que...

Ah! Esse mês de junho...

junho frio inverno chuva milho canjica pamonha carlos romero

Ah, esse mês de junho... Como eu gosto dele! Comecemos pela chuva. Que bom vê-la caindo sobre a terra, molhando tudo, esfriando tudo. Que bom ver o sertanejo pulando de alegria diante dos açudes cheios. Que bom sentir aquele frio gostoso na cama.

Agora mesmo o meu paladar está me pedindo que fale das comidas boas das festas juninas: a canjica, a pamonha, o milho assado, o milho cozido. Haverá coisa mais gostosa? E como essa comida tem cheiro de minha infância!

Mês de junho! Metade do ano! Como o tempo passa rápido! Foi ontem que a gente esteve comemorando a passagem de 2008.

Mês de junho! E aqui vai uma revelação: é o mês em que abri os olhos para o mundo. Nasci num dia de domingo, lá em Alagoa Nova, num bonito sobrado bem junto da Matriz. O relógio soava as 5 horas da tarde do dia 10. Uma tarde friorenta, por sinal. Foi naquele sobrado, que ainda hoje existe que o meu choro se fez ouvir no silêncio gelado da tarde junina.

E aqui para nós, que junho não saiba, eu gostaria de ter vindo no mês de setembro. Mas deixe assim mesmo. Quem sou eu para dirigir os acontecimentos? Mês de junho! Mês do meu aniversário, de minha saída do útero materno e de minha entrada no útero terreno, onde até hoje vivo...
COMPARTILHE
comente via facebook
COMENTE

leia também