Hoje é o Dia do Homem. Ontem foi também. E anteontem. Também é o dia da mulher, do professor, do orgulho LGBT, do médico, do índio, do ...

Homem de verdade

ambiente de leitura carlos romero nelson barros homem de verdade machao masculinidade dia do homem

Hoje é o Dia do Homem.
Ontem foi também. E anteontem.

Também é o dia da mulher, do professor, do orgulho LGBT, do médico,
do índio, do negro, do gordo e do magro, do ator, do garçom, do pedreiro,
da enfermeira, do agricultor, da caminhoneira, do dançarino de can can...
Porque eu aprendi que homem é tudo isso.
E mais um monte de coisa.

ambiente de leitura carlos romero nelson barros homem de verdade machao masculinidade dia do homem
Meu pai me ensinou umas coisas sobre ser homem.
Mas eu nunca 'vivi a ilusão de que ser homem bastaria'.
Minha mãe também me ensinou umas coisa sobre ser homem.
Minha mãe, na verdade, é mulher macho pra caramba.

A vida, o mundo, o trabalho... tudo isso foi, aos poucos, me ensinando o que é ser homem.
Eu penso que tô aprendendo...
Tem horas que parece fácil.
Tem vez que complica.

Umas coisas eu já sei: não tem nada a ver com roupa, tamanho de cabelo, com quem a pessoa ama, religião, profissão, saber usar a furadeira..
Eu penso que tem a ver com bondade.
Com um senso de pertencimento, de irmandade e compaixão a todo esse universo que se diz humano.

A uma alegria genuína de compartilhar vinho e música.
Ao prazer de fazer crianças felizes.
A ter boa vontade.
Feliz Dia do Homem, portanto.
Feliz Dia do Homem de Verdade.


Nelson Barros é psicólogo e cronista
COMPARTILHE
comente via facebook
COMENTE

leia também