Eis que hoje se dá o Dia da Mulher. Elas merecem! Sempre que pego o jornal e vejo fotos de tantas mulheres importantes, seja em cargos pú...

Viva a mulher!

dia internacional da mulher igualdade
Eis que hoje se dá o Dia da Mulher. Elas merecem!

Sempre que pego o jornal e vejo fotos de tantas mulheres importantes, seja em cargos públicos, profissionais, magistradas, todas muito chiques, fico a monologar: “Quem diria que isso acontecesse um dia na vida, em que sempre predominou o machismo, de bombachas ou sem elas?... Quem diria que uma mulher, um dia, ousasse dirigir um estado, um país, um tribunal, com a mesma desenvoltura e bravura dos grandes estadistas?

Decididamente, a mulher, cada vez mais, ganha espaço na vida social. Esta, a grande revolução dos últimos tempos. Uma revolução que tem cheiro de vingança. Sim, pois se há uma criatura completamente marginalizada, escravizada e humilhada, desde a antiguidade, é a mulher. E o grande responsável por essa situação humilhante é o seu parceiro masculino. O homem sempre foi o maior tirano de sua companheira, não obstante sempre terem existido grandes defensores do sexo feminino.

CC0
O que a mulher deseja e exige é ser tratada com justiça. Nada da pieguice romântica expressa naquele ditado: “Numa mulher não se bate nem com uma flor”. Basta a igualdade de direitos. Nada de discriminação, nada de tratá-la como um ser inferior, subalterno.

E aquela informação bíblica dizendo que a primeira mulher, Eva, veio da costela do primeiro homem, Adão? Que humilhação!

E tantos filósofos consideraram a mulher um ser menor... Otto Weininger, chegou a escrever um tratado tentando provar que a mulher não tinha alma. Aristóteles achava que “quando a natureza erra na fabricação de um homem, sai uma mulher”. E muitos outros pronunciamentos desfavoráveis à inteligência feminina, a exemplo de Schopenhauer, expressaram preconceitos - quanta ignorância!

Luciano Garbati
Se a mulher demorou a brilhar, não foi por culpa sua, mas das condições que lhe foram impostas por uma sociedade estupidamente machista.

Mas, graças à lei da evolução, a situação mudou, e a mulher está aí como grande competidora do homem, seja no comércio, na indústria, na justiça, sem esquecer as universidades. Ela é hoje a grande vencedora que vem triunfando na batalha contra o preconceito, essa triste chaga da humanidade.

E viva a mulher!

COMENTÁRIOS

leia também