Paraíba, 10 de abril de 2022

Pauta Cultural (Ep. 36)

Paraíba, 10 de abril de 2022

◕ Aconteceu
Rui Leitão
Na semana passada, a Academia Paraibana de Letras marcou duas significativas datas: a escolha de seu mais novo membro, o jornalista e escritor Rui de Vasconcelos Leitão, atual Diretor de Rádio e TV da Empresa Paraibana de Comunicação; e o início do curso “Prioridade da leitura em sala de aula”, ministrado para Professores da Rede Estadual de Ensino.

O curso de português, fruto de um convênio firmado entre o governo estadual e a APL, que envolve 32 escolas de ensino público, foi aberto no sábado, dia 9, pelo professor Milton Marques Júnior, com enfoque na poesia de Augusto dos Anjos.

Milton Marques Jr
O promotor público, cronista e escritor Fernando Antônio de Vasconcelos e sua filha Fernanda de Vasconcelos Brandão, doutora em Ciências Jurídicas e poetisa, promoveram lançamento duplo de livros na manhã do último sábado, dia 9, na “Livraria do Luiz”, no centro da capital paraibana.

O título de Fernando, apresentado por sua filha, “Crônicas de vida e felicidade”, aborda temas de vida em família, saúde e felicidade dos idosos, Internet e felicidade nas redes sociais. A obra de Fernanda, "Sentimentos Inspirados", com prefácio de seu pai, reúne 100 poemas da autora.

As publicações foram editadas pela Ideia e estão disponíveis nos sites da Livraria do Luiz (WhatsApp 83 999 72 75 84) e do Sebo Cultural ▪ Link
Saulo Mendonça
O premiado poeta paraibano Saulo Mendonça teve alguns poemas de sua autoria selecionados para a “IV Antologia Poetas Fazendo Arte em Búzios" e foi convidado pela escritora e antologista organizadora da obra, Sonia Medeiros Imamura, para participar do lançamento, que ocorreu, na noite do último dia 7, na cidade cultural de Andrelândia-MG.

O grupo “Poetas Fazendo Arte em Búzios" foi fundado há 13 anos por Sonia Imamura, poetisa e acadêmica empenhada no movimento cultural da decantada praia do Rio de Janeiro, com realização de atividades artísticas, literárias, musicais. A ideia se expandiu, atraindo e congregando escritores de outras regiões do Brasil.

Andrelândia ▪ MG
◒ Acontece
Luciano Grisi
Acontece na Estação Ciências, no Altiplano Cabo Branco, na capital paraibana, a exposição “Mar de Grisi”, com obras do escultor paraibano Luciano Grisi e curadoria de Amanda Costa.

Dezoito singulares esculturas e móveis escultóricos entalhados em madeira de reaproveitamento, com motivos marítimos, estarão à mostra, ao ar livre, durante os próximos três meses, com acesso gratuito. Uma boa opção de lazer para os feriados da Páscoa.


Luciano Grisi é sobrinho dos memoráveis paraibanos Hermano José, artista plástico, e da professora Anayde Beiriz. Há 15 anos trabalha com este material: “decidi incursionar por esse tipo de atividade artística ao perceber a grande quantidade de madeira e troncos que iam para o aterro sanitário da cidade. Consegui resgatar alguns através de doação da Prefeitura Municipal, e outros obtive de particulares”.
◔ Acontecerá
Buenos Aires
Cidade conhecida mundialmente pela grande quantidade de livrarias e um povo que gosta de ler, Buenos Aires volta a sediar sua Feira Internacional de Livros, o mais importante evento literário do ano, suspenso desde 2019. São esperados mais de um milhão de leitores para além de mil atrações programadas para esta edição pós-pandemia.

A feira acontecerá durante 20 dias, entre 30 de abril e 18 de maio, com vasta programação artístico-cultural e presenças anunciadas de escritores como o peruano Mario Vargas Llosa e a nicaraguense Gioconda Belli.

Gioconda Belli
Mario Vargas Llosa

As informações sobre o evento estão acessíveis no site oficial e no site do complexo La Rural, local onde será realizado. Confira neste link o vídeo sobre a história e retomada da Feira Internacional de Buenos Aires.

Buenos Aires
O artista plástico e escritor Alberto Lacet terá em 2022 duas honrosas celebrações de sua trajetória na pintura. Ele foi aprovado no concurso para evento patrocinado pela ONU que selecionou 10 artistas brasileiros, escolhidos para ilustrar as capas de 10 relatórios diferentes sobre itens da relação de Direitos Humanos, como Direito à vida, ao trabalho, à educação, à sexualidade.


Alberto Lacet
O relatório sobre o “Direito à terra” trará capa com uma obra de Lacet que, junto aos demais, será entregue aos representantes dos países membros da ONU, em solenidade com data a ser anunciada.

No segundo semestre, Lacet promoverá uma mostra individual em Lyon (França), com obras temáticas sobre os índios brasileiros, que já foram selecionadas e se encontram na Europa.

⊙ Imperdível
No meio de tanta turbulência, quem não anda turbulento? A grande sacada é a certeza de que depois de toda tempestade sempre vem a calmaria...

“O que desejo mesmo é salvar-me desse momento / Onde nada é verdade, tudo é desagravo / Onde muitos estão com pedras na mão e labaredas no coração” — Sentimentos oportunos, descritos com a sensibilidade da cronista Cristina Porcaro, no texto “Turbulências”.
“Seguia para a varanda pálida do seu apartamento, solfejando a ária de uma ópera, mirando o vazio do horizonte escuro e tentando buscar, debalde, na balbúrdia de sinapses em que se transformara sua mente, quadras felizes vividas ali mesmo [...] A resiliente avenca, pequena e atrevida ... era o único ser pulsante ali, companheira imóvel do humano naquela jornada insípida e cotidiana". — Com requintada nostalgia, vagando entre extremos íntimos e longínquos, leia o conto de Irenaldo Quintans.
“A palavra 'caso' não é masculino de casa, como porto não é de porta, luto não é de luta, fardo não é de farda. Vá entender português, que não é uma língua nada fácil. Imagine ensinar português a estrangeiros".

Até trovão aparece dentro de guarda-roupa, como conta em crônica o professor, doutor em Letras e crítico de cinema João Batista de Brito. Leia neste link.
Caix@ Postal
"Maravilhosa crônica. Uma verdade que faz bem ao nosso espírito "
Fernanda Suassuna ▪ 10.04.2022
Comentário sobre o texto Alô, Alô, Marciano, de Nelson Barros.


"Sonia Zaghetto, também penso no que fez Virginia Woolf optar pelas pedras. Fascinante mesmo, essa mulher."
Marta Pessoa ▪ 05.04.2022
Comentário sobre o texto Descanse em paz, Virginia, de Sonia Zaghetto.


"Excelente texto Petrônio Souto! Parabéns para você, aos políticos envolvidos e a Sérgio De Castro Pinto!"
Marilia Mesquita Guedes Pereira ▪ 08.04.2022
Comentário sobre o texto Obrigado, Clô, de Petrônio Souto.


COMENTÁRIOS
  1. Beleza Germano Romero!! mais uma "Pauta Cultural para nos atualizar conhecimentos do " Ambiente literário"!!
    Paulo Roberto Rocha

    ResponderExcluir

leia também