Mostrando postagens com marcador Saulo Mendonça. Mostrar todas as postagens

A fadiga das segundas-feiras é um fato interessante e pontua o mundo de hoje, impregnado do sentimento trivial de euforia e de mutualidade ...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana saulo mendonca marques segundas feiras nostalgia tarde de domingo surpresa aniversario
A fadiga das segundas-feiras é um fato interessante e pontua o mundo de hoje, impregnado do sentimento trivial de euforia e de mutualidade entre os seres vivos. Num final de semana quase todo mundo é feliz, a acender, automaticamente, a luzinha que há dentro de si.

Mansas tocaias, mitos cheiram a pólvora no eterno dos proscritos. Tiros noturnos, sem urros nem alvos, miram o tempo.

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana saulo mendonca marques abandono fortaleza santa catarina forte de cabedelo

Mansas tocaias, mitos cheiram a pólvora no eterno dos proscritos. Tiros noturnos, sem urros nem alvos, miram o tempo.

Como era interessante a chegada daquelas pessoas que procuravam o "Foto Ventania"!!! Também conhecido pelo nome de vuco-vuco, e...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana saulo mendonca marques fotografia lambe lambe fotografo de rua instantaneo praca aristides lobo saudosismo urbano joao pessoa

Como era interessante a chegada daquelas pessoas que procuravam o "Foto Ventania"!!! Também conhecido pelo nome de vuco-vuco, eram pequenos estúdios fotográficos ambulantes, espalhados em várias praças da Capital paraibana. As pessoas chegavam timidamente e, de repente, eram abordadas pelos lambe-lambes que já lhes ofereciam, logo de cara, um pequeno tamborete para sentar e posar para a foto.

Se tivesse nascido na Grécia, poderia ter sido o precursor do teatro grego. Certamente, o protagonista das homenagens ao deus Dionísio , n...

ambiente de leitura carlos romero cronica conto poesia narrativa pauta cultural literatura paraibana saulo mendonca ednaldo do egypto rosa cagliani carlos anisio teatro paraibano

Se tivesse nascido na Grécia, poderia ter sido o precursor do teatro grego. Certamente, o protagonista das homenagens ao deus Dionísio, nas mirabolantes tragédias e comédias que marcaram os lucilantes canhões a gás dos palcos da grande época. Em Roma, teriam visto ao lado de Plauto e Terêncio e, noutras plagas, fazendo odes ao Shakespeare ou Molière, tudo dentro das magias teatrais, dos malabarismos que sempre marcaram o papel no design de sua apaixonante arte cênica.

Há certos fatos que nos impulsionam a procurar descobrir com quais argamassas são feitas as pilastras que sustentam os sonhos e os desejos...

ambiente de leitura carlos romero cronica poesia literatura paraibana saulo mendonca reporter tv ovo bairro torre joao pessoa pintor reinaldo carnaval de rua
Há certos fatos que nos impulsionam a procurar descobrir com quais argamassas são feitas as pilastras que sustentam os sonhos e os desejos mais despretensiosos do ser humano.

Há quem não acredite, mas é prazeroso provar dos ventos das amenidades. Não tememos perigos das viagens siderais, não precisamos dos observ...

ambiente de leitura carlos romero cronica poesia literatura paraibana saulo mendonca marques cliche frase pronta frase estereotipada esmeros gramaticais

Há quem não acredite, mas é prazeroso provar dos ventos das amenidades. Não tememos perigos das viagens siderais, não precisamos dos observatórios de trânsito espacial, dos radares, por sinal sempre deficientes e inseguros nos nossos céus. Com esses ventos, voa-se com segurança, sem riscos nem turbulências.

Foi assistindo a uma palestra do Raul Marinuzzi que acreditei, mais uma vez, em certas mudanças futuras que darão estratégias de polimento ...

Ambiente de leitura carlos romero poeta saulo mendonca marques poesia literatura cronica paraibana visao holistica trabalhista ego eu cosmico

Foi assistindo a uma palestra do Raul Marinuzzi que acreditei, mais uma vez, em certas mudanças futuras que darão estratégias de polimento ao comportamento humano, quando ligado a grandes negócios.

Tangeu os bois da pastagem e o leite virou água nas torneiras Rio de sua Casa Comercial. O outro rio da Fazenda seguiu cortando camin...

ambiente de leitura carlos romero poesia paraibana poeta saulo mendonca marques haikai bois sem pasto


Tangeu os bois da pastagem
e o leite virou água
nas torneiras Rio
de sua Casa Comercial.
O outro rio da Fazenda
seguiu cortando caminhos
com Fama
Tramontina Pial
marcas sem céu.

Pimentinha era o seu apelido, uma velhinha, deficiente visual, uma pedinte que perambulava pelas ruas de Alagoa Grande, cidade onde nasci. ...

ambiente de leitura carlos romero saulo mendonca marques nostalgia recordacoes deficiencia alagoa grande paraiba saudade portador de deficiencia visual

Pimentinha era o seu apelido, uma velhinha, deficiente visual, uma pedinte que perambulava pelas ruas de Alagoa Grande, cidade onde nasci. O Beco do Jacu era a sua passagem obrigatória para se recolher nos finais de tarde. Lá, os meninos da época a provocavam quando passava. E, quando vinha uma resposta dela, podia esperar-se, era carregada de palavrões.

Foi um fato que me chamou tanto a atenção que até hoje vive na lembrança. Vez em quando ainda me aguça a curiosidade. Aconteceu por ocasião...

ambiente de leitura carlos romero saulo mendonca carlos maia busto galeria augusto dos anjos centro historico joao pessoa engraxate

Foi um fato que me chamou tanto a atenção que até hoje vive na lembrança. Vez em quando ainda me aguça a curiosidade. Aconteceu por ocasião da festa de inauguração do busto do poeta Augusto dos Anjos, na galeria que tem o seu nome, no centro da capital paraibana.

Não foi à toa que o Concilio Vaticano II realizou significativa (e oportuna) revolução religiosa, por volta da década de 60. Estudava eu ai...

ambiente de leitura carlos romero saulo mendonca abuso do latim expressoes latim latinizacao rebuscamento

Não foi à toa que o Concilio Vaticano II realizou significativa (e oportuna) revolução religiosa, por volta da década de 60. Estudava eu ainda no Seminário quando o Latim foi abolido nas missas em diversas partes do planeta. O objetivo básico consistiu em tornar acessível a cerimônia aos principais interessados, os chamados “fiéis”, facilitando-lhes a compreensão das palavras pronunciados pelo padre.

Baraúna! Assim o chamavam alguns amigos e conhecedores da longevidade de certas árvores da flora brasileira. Referiam-se à força vital que ...

ambiente de leitura carlos romero saulo mendonca reminiscencias de infancia saudade do pai longevidade barauna bucolismo telurico lembrancas do pai

Baraúna! Assim o chamavam alguns amigos e conhecedores da longevidade de certas árvores da flora brasileira. Referiam-se à força vital que tinha o meu pai, o seu vigor, tal qual essa árvore nordestina da família das “brauna Schott”, ainda hoje conhecida pela sua resistência ao tempo e à vida.

Recebi de uma conterrânea um vídeo com imagens de uma viagem que fez para realizar o seu grande sonho: conhecer o Mar Morto, um mar que nun...

ambiente de leitura carlos romero saulo mendonca lagoa do pao alagoa grande mar morto nostalgia paraibana interior paraiba

Recebi de uma conterrânea um vídeo com imagens de uma viagem que fez para realizar o seu grande sonho: conhecer o Mar Morto, um mar que nunca foi mar, um morto que nunca morreu.