O voo Soltar-se as asas Espécie de levantar âncoras Ser em sustento pelas batidas Tantas, tantas repetidas Abaixo o olho mir...

Revelando voos


O voo
Soltar-se as asas Espécie de levantar âncoras Ser em sustento pelas batidas Tantas, tantas repetidas Abaixo o olho mira, fantasia De Ícaro em voo de seda Magistral equilíbrio, penas Que a si próprio não sustenta Ao pássaro, o próprio voo inventa Obstáculos cria e desvia, cruza Dribla fiação, joga a rota Vento, equilíbrio, mágica torta Ao homem, voo meio sem graça Levanta, cria asas, mas sempre falta... Um quê de riso, poesia Até flutua, mas sem rima ... Já-mais um pássaro seria
Fotografia
Revelação em duas cores multitons, sons e dores preto, branco e cinzas, odores fogueira e fotografias ardem Surgem, somem, detalhes amplia e manipula sem pudores desfoca, retoca mil imagens na hora da palavra realidade Aperta o botão, congela o instante dedo, medo, segredos, foco que mente movimenta o ato, que se eternize ou não, um disparo para a inutilidade
Do entardecer
Pelos contornos vesperais pássaros cantam em refúgios proteções folhadas em crepúsculo antes clara escuridão Dança de reclusão momentânea calada sinfônica, hora simbólica em quase troca de roupa do dia gritaria da reclusão Sem voos atemporais ou vozes surreais cada palavra na fala, desmonta assobios e sussurros, certezas e crendices até o breu vestir a mortalha d'anoite, hibernação
Galhos em tarde
Galhos soltos na mão naturalmente claro e escuro luz e sombra, o perfeito Do pássaro no cantar ao canto reserva ao ninho vivido assovio notas para ir-se ao leito E voos em curtos, o circuito entardece em ouro pó do dia que esfarelou minutos e 'ensombrece' cores, fecha-se outros mundos E dos amarelos, laranjas, voam azuis e deita-se a grama, o horizonte reduz-se tudo a contornos, breve vida, morte, serpenteio perene E voos em curtos, o circuito escurece o fogo pó da noite que esfrangalhou anos assombra olhos, extrai e explode ruídos dos silêncios, sussurros

comente
  1. Salvas 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻
    Clóvis Roberto
    Transpirando inspirações poéticas👏🏻
    Parabéns👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻
    Paulo Roberto Rocha

    ResponderExcluir

leia também