Mostrando postagens com marcador Cristina Siqueira. Mostrar todas as postagens

      A vida que me chama A vida que me chama de todas as maneiras A vida que me chama Insiste nas palmas no portão tal com...

 
 
 
A vida que me chama
A vida que me chama de todas as maneiras A vida que me chama Insiste nas palmas no portão tal como quando eu era criança e Aninha me chamava para brincar A vida que me chama fui à missa com o vestido de domingo, de estilo balão era de laise cor de rosa, todo lindo Que preguiça de ouvir o padre! olho comprido na saída no que estava do lado de fora

One Love Bob Marley Toda música Toda Toda Rastafari Bob Marley Que filmaço!!

bob marley one love
One Love
Bob Marley
Toda música
Toda
Toda Rastafari
Bob Marley
Que filmaço!!

A vida não é fácil mas se oferece a mim sedutora quando abro as janelas do 16º andar sobre a cidade espetada em prédios, ninada em bu...

sao paulo sampa metropole
A vida não é fácil mas se oferece a mim sedutora quando abro as janelas do 16º andar sobre a cidade espetada em prédios, ninada em buzinas, freadas, luminosos hipnóticos.

Vodka e lima da pérsia com pimenta rosa, Caipiríssima Brasil. e no mais... sou eu soul... alma livre mergulhada feito um canudo ...


Vodka e lima da pérsia com pimenta rosa, Caipiríssima Brasil.

e no mais...
sou eu soul... alma livre
mergulhada feito um canudo

por onde circula o álcool da benção do entorpecer que permite que as palavras se soltem feito folhas em dias de outono e voem livres anunciando vida.

      Enrolando os sonhos com as mãos Papel de presente da papelaria da esquina Na caixa embalo sonhos Lembranças que esc...

 
 
 
Enrolando os sonhos com as mãos
Papel de presente da papelaria da esquina Na caixa embalo sonhos Lembranças que escolhi a dedo Presentes de loja Nem sempre cabem no bolso Estico números Que sirvam no cartão de débito Debruço no papel meus olhos Grato coração O tempo da prece sentida A palavra com que reconheço a cada ser único que amo Todos com nomes próprios Partes vivas do enredo

      O enigma das palavras Zonza de não saber de onde vem o caudal de palavras que se entranham pelas frestas em qualquer...

poesia tatui cristina siqueira enigmas
 
 
 
O enigma das palavras
Zonza de não saber de onde vem o caudal de palavras que se entranham pelas frestas em qualquer papel em branco Esparramam-se na tela fria enraizam-se compondo livros Trazem em si a inteireza do pensamento veloz Põem arreios no concreto domam, represam, estruturam sem pôr fim ao infinito Transitam em leitos de essência luminosa se moldam em curvas que exigem contornos se enroscam em pedras de desafio Se fazem em fios

      Baco Baco fez seu império libertando performances Criadores Poetas Homens comuns de lentas atitudes Baco posta- se à ...

 
 
 
Baco
Baco fez seu império libertando performances Criadores Poetas Homens comuns de lentas atitudes Baco posta- se à mesa Com os copos certos Serve- se do poder Da paixão Liberta o que se faz escuso Dá voz ao fraco Acende a tocha das verdades Não tolera a rigidez formal Enlouquece em ardor os homens Faz gemer de cio as mulheres E depois narcotiza em delírio a realidade Oferece a dádiva do esquecimento Todos os convivas conversavam em tom próximo do silêncio Ao fim, falavam de si, da vida e seus tormentos Quedaram - se mudos Sem culpa Libertos da sofrível mentira do veneno do olhar alheio
Na bagagem
Papéis em branco Asas da pipa gigante Empinando palavras Dobraduras de origami Pássaros libertos Voam
Árvore
E me enredo na complexa rede de vida em casca, sou seiva, musgo, pele nodosa a me multiplicar em séculos. Visto tons de infinitos verdes, folhas de enervação distinta. Tenho-a em mim árvore preciosa. Amo sua mudez distinta seu silêncio de raiz, sua força que me abraça em seus braços longos e me leva ao céu.

      No mundo da lua Sei que tenho a chave me distraio e a perco fico que nem louca atrás dela Sempre parece que estou ...

poesia paulista tatui cristina siqueira
 
 
 
No mundo da lua Sei que tenho a chave me distraio e a perco fico que nem louca atrás dela Sempre parece que estou perdendo algo Se estou aqui Perco o que está lá Creio que encontrei a hora de perder a hora

Morava em uma casa antiga, eu e meu filho Sérgio. No quintal tinha vários pés de fruta: um jambeiro frondoso e sob ele um banco branc...

Morava em uma casa antiga, eu e meu filho Sérgio. No quintal tinha vários pés de fruta: um jambeiro frondoso e sob ele um banco branco. No tronco valente vários xaxins de samambaia de metro, orquídeas e bromélias. Uma pitangueira plantada num vaso, e um delicioso pé de amora enroscado num pergolado tosco. Chão de caco de cerâmica que brilhava de tão limpo. Fogão de lenha.

O pulo da gata Só mesmo a super heroína Para olhar o mundo de ponta cabeça E, mesmo subindo pelas paredes Achar tudo...

poesia tatui cristina siqueira
O pulo da gata
Só mesmo a super heroína Para olhar o mundo de ponta cabeça E, mesmo subindo pelas paredes Achar tudo normal
Era aquela lua…
Entre as grandes luas há uma lua que colhi com gosto meio despida e orvalhada por meus olhos em amor tocada

Enquanto dizem alguns que o tempo passa, digo eu, no meu achismo com palavras, que faz tempo o tempo deixou de existir. Tenho em mim...

maturidade plenitude tempo sabedoria
Enquanto dizem alguns que o tempo passa, digo eu, no meu achismo com palavras, que faz tempo o tempo deixou de existir. Tenho em mim todas as idades. Às vezes, inauguro uma idade nova como se mudasse de série da escola. Vou me multiplicando pelo tempo, a cada dia outra.

Já acordei mãe e fui me refazendo nos filhos. Da matriz do meu corpo fui abrigando e alimentando em vida seres espirituais se fazendo em instrumento orgânico. Já acordei avó e fui me fazendo criança, entre os rumos da sabedoria achando espaços divertidos para brincar de futuro, pôr no colo divinos Mestres, com mensagens novas e olhos brilhantes de vida.

      Frio Sublime névoa Sublinha o espelho Rio de encanto Sonhos Os sonhos são sinceros Paisagens das razões de dentro...

poesia tatui sp cristina siqueira
 
 
 
Frio
Sublime névoa Sublinha o espelho Rio de encanto
Sonhos
Os sonhos são sinceros Paisagens das razões de dentro Apareço e desapareço entre pessoas que amo tanto e que ficaram à beira da história

E o Sol então me disse : - Entro de mansinho pela fresta da janela de vidro. Traço uma nesga de luz no tapete preto e branco que po...

E o Sol então me disse :

- Entro de mansinho pela fresta da janela de vidro. Traço uma nesga de luz no tapete preto e branco que poderia também ser branco e preto. Tudo está na interpretação e cores sinalizam o poder da luz que prisma em cintilações e reflexos.

Palavras flutuam na réstia de meu rastro, poeirinhas dançam para alegrar o dia.

- E você ali, embebida no verde da ráfia, acolhida por minha luz de clarear a vida, estás disposta a espalhar saúde, felicidade, abundância?

Rita Lee sempre me dá Água na Boca Nem sei se a palavra é triste, o que sinto é o peito fundo e lágrimas que molham como se uma chuv...

Rita Lee sempre me dá Água na Boca

Nem sei se a palavra é triste, o que sinto é o peito fundo e lágrimas que molham como se uma chuva fina, uma garoa paulista, inundasse em vida a minha alegria.

E me vejo, deixando para trás o vestido de seda e saltos altos, o bandô nos cabelos à la Evita e com um único par de tênis roxo comprado no Paraguai ganhei léguas de mundo. Eu, que nem sabia o que era o mundo !

Terra vermelha da minha terra, falo de Tatuí Um poema para Segador Solé Um pianinho solto a guitarra suja Figa par...

poesia tatui cristina siqueira

Terra vermelha da minha terra, falo de Tatuí
Um poema para Segador Solé
Um pianinho solto a guitarra suja Figa para a vida dar certo o banco à beira da estrada céu limpo verde da minha terra vermelha, tinta bonita que ela só A terra

Anjos são leves seres de divina luz de energia pressentida no coração. Flutuam sem peso, a gravidade não os puxa para baixo. Eles nos ...

anjo guarda confraternizacao amizade magia
Anjos são leves seres de divina luz de energia pressentida no coração. Flutuam sem peso, a gravidade não os puxa para baixo. Eles nos transmitem paz e alegria, vibram com as nossas conquistas, imantam em beleza o espaço.

Tem aqueles que são especialistas em saúde e outros que desde que nascemos nos oferecem proteção. Cada um de nós tem o seu Anjo da Guarda que não descansa nunca.

O milagre da poesia viva O CD girando sou eu Vivo o milagre da vida Como se fosse música Livre dos julgamentos seve...

poesia paulista tatui cristina siqueira
O milagre da poesia viva
O CD girando sou eu Vivo o milagre da vida Como se fosse música Livre dos julgamentos severos À espera de um dia de mar Um beijo de criança Um olhar Leve ave Que passeia os olhos Pela janela da sala A planta cresce Os olhos não percebem mas ela cresce … As unhas Os cabelos Crescem

      Silêncio... Contempla em silêncio e os vales se farão ouvir as rochas lhe dirão de ser pó e areia o diamante luzirá n...

poesia paulista tatui cristina siqueira
 
 
 
Silêncio...
Contempla em silêncio e os vales se farão ouvir as rochas lhe dirão de ser pó e areia o diamante luzirá na bateia rios e riachos cantarão em coro a canção da vida tudo que se fez miúdo será enfim gigante as coisas vivas frutificarão enquanto as preces pairam sobre o mundo

Sou muitas e todas as mulheres Sou a mão quentinha do menino negro magrinha de abandono Sou a velhinha feliz que en...

literatura paulista taui cristina siqueira
Sou muitas e todas as mulheres
Sou a mão quentinha do menino negro magrinha de abandono Sou a velhinha feliz que encontrei no rio com a saia levantada e um cajado na mão Sou este espírito livre que passeia na alma da vida sem fronteiras Sou todas as línguas dos homens meu talismã é o amor possível no mundo minha voz é dissonante então não canto entoo intuo e a ouço própria distinta de mim

      Me sinto tão Dona Maria aquela que crê no dia seguinte e sonha com a eternidade Conta da vida o canto de amor aos...

poesia paulistana cristina siqueira tatui
 
 
 
Me sinto tão Dona Maria
aquela que crê no dia seguinte e sonha com a eternidade Conta da vida o canto de amor aos filhos Multiplicados em netos Sinto enjoos matinais Gestando os novos tempos Pode ser Um tempo abençoado Quero crer ! Será longo o tempo deste trajeto de imprevisível fim